17°C 27°C
Jequié, BA
Publicidade

CHESF, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Municipal participam de vistoria para criação do sistema de alerta contra enchentes

Em função da tragédia provocada pelas enchentes, que causaram muitos prejuízos à Jequié, a Câmara Municipal apresentou e aprovou um projeto de lei,...

26/05/2023 às 14h50
Por: Redação Fonte: Prefeitura de Jequié - BA
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Prefeitura de Jequié - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Jequié - BA

Em função da tragédia provocada pelas enchentes, que causaram muitos prejuízos à Jequié, a Câmara Municipal apresentou e aprovou um projeto de lei, sendo em seguida sancionada pelo prefeito, que trata de ações preventivas relativas a ocorrências emergenciais advindas da vazão de águas da Barragem da Pedra. A Lei Municipal Nº 2297/2023 aprovada, dispõe sobre medidas de proteção complementar à população jequieense, por aumento de vazão da Barragem, determinando a previsão de instalação de sirenes e outros meios de comunicação que sejam capazes de enviar alertas e viabilizar a proteção de pessoas que vivem nas áreas da mancha de inundação, bem como as medidas específicas de socorro, garantia de abastecimento, redução dos impactos ambientais e proteção do patrimônio.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Jequié - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Jequié - BA

Nesta quinta-feira, 24, com o objetivo de implementar o Plano de Ação de Emergência (PAE), uma equipe técnica da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF) esteve no município, sendo acompanhada por integrantes do Corpo de Bombeiros e por representantes da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC) da Prefeitura de Jequié. O Plano procura contemplar cenários considerados atualmente possíveis de acontecer, como uma possível emergência na Barragem da Pedra. Durante a visita, os técnicos vistoriaram os locais afetados pelas enchentes e os pontos designados para possível instalação das sirenes.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Jequié - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Jequié - BA

“Estivemos acompanhando a equipe técnica da CHESF em pontos pré-estabelecidos onde, possivelmente, poderão ser instaladas as sirenes de alerta em caso de ocorrência. É uma ação preventiva e que faz parte do Plano de Ação de Emergência da CHESF. Em linhas gerais esse plano estabelece algumas estratégias emergenciais, para que os moradores do entorno possam agir com celeridade e assim, proceder com ações de auto-salvamento para casos de enchentes ou vazão ou até rompimento da barragem.”, explicou o coordenador da Defesa Civil municipal, Murilo Bulhões.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias