20°

Pancada de chuva

Jequié - BA

Dólar com.

R$ 4,82

Euro

R$ 5,18

Peso Arg.

R$ 0,04

Educação Educação

Candidatos fazem a primeira etapa do Enem PPL/2021 neste domingo

Provas serão realizadas nos dias 9 e 16 de janeiro

06/01/2022 12h55
Por: Redação Fonte: EBC
© Valter Campanato/Agência Brasil
© Valter Campanato/Agência Brasil

Mais de 54,2 mil candidatos farão o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL/2021). Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Exame, as provas serão aplicadas nos dias 9 e 16 de janeiro em unidades prisionais e socioeducativas das 27 unidades da federação.

Nas mesmas datas, o Enem será aplicado para os isentos que não compareceram em 2020 e que tiveram nova oportunidade para se inscrever na edição de 2021. Também entram nesse grupo participantes que tiveram a solicitação de reaplicação do Enem 2021 aceita por estar com sintomas de doenças infectocontagiosas ou por conta de problemas logísticos ocorridos no dia da aplicação.

Provas

No primeiro dia os estudantes terão cinco horas e trinta minutos para a realização das provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias. A aplicação começará às 13h30 (horário de Brasília), e terminará às 19h.

No segundo dia, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e suas Tecnologias e matemática e suas tecnologias. A aplicação terá início às 13h30 e se encerrará às 18h30, com cinco horas de duração.

Covid-19

A aplicação do Enem PPL também seguirá protocolos de prevenção à covid-19. O uso de máscaras de proteção será obrigatório e frascos de álcool em gel serão fornecidos pela organização da prova. As unidades prisionais e/ou socioeducativas deverão higienizar as salas, bem como proporcionar uma boa circulação de ar, além de possibilitar o distanciamento entre os participantes.

Enem PPL

As provas do Enem PPL têm o mesmo nível de dificuldade do exame regular. A única diferença é referente ao local de aplicação, que acontece dentro de unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional e socioeducativa de cada unidade da Federação. O exame é aplicado desde 2010 pelo Inep, em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Os individuais do Enem também podem ser usados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias